(Português) Sistema de Informação sobre a Biodiversidade Brasileira

23/04/2018 08:32

USANDO A BIODIVERSIDADE
A biodiversidade é uma das propriedades fundamentais da natureza e fonte de imenso potencial de uso econômico. Representa a base das atividades agrícolas, pecuárias e pesqueiras, sendo também essencial para as indústrias de biotecnologia, insumos alimentícios e farmacêuticos. No entanto, a degradação dos recursos naturais, incluindo a perda da biodiversidade e a erosão da diversidade genética, é um dos maiores desafios à produção de alimentos na atualidade. Soma-se a isso a tendência global de simplificação da dieta, com impactos negativos na segurança alimentar e saúde humana. A diversificação da oferta de alimentos é crucial no fornecimento dos nutrientes necessários para o crescimento e vida saudáveis e podem proporcionar soluções locais para as condições de saúde relacionadas à dieta, a exemplo de deficiências nutricionais e obesidade.

Apesar de o Brasil abrigar a maior biodiversidade do planeta, com 15 a 20% do total mundial, esta riqueza permanece subutilizada, pois grande parte de nossas atividades agrícolas está baseada em espécies exóticas. A ampliação do uso de plantas nativas, incluindo aquelas já conhecidas e comercializadas por populações locais e regionais, porém com pouca penetração no mercado nacional ou internacional, é uma grande oportunidade a ser promovida. Para que isso seja possível, é preciso conservar, conhecer, coletar, documentar e divulgar informações acerca da biodiversidade nativa.

Com esse objetivo, foi criada a ferramenta Biodiversidade & Nutrição, que possui um banco de dados de composição nutricional e um banco de receitas com espécies nativas da flora brasileira de valor econômico atual ou potencial, com ênfase para frutíferas e hortaliças priorizadas pela iniciativa “Plantas para o Futuro”, do Ministério do Meio Ambiente. A ferramenta é o resultado de um esforço conjunto do Projeto “Conservação e Uso Sustentável da Biodiversidade para Melhoria da Nutrição e do Bem-Estar Humano” (Biodiversidade para Alimentação e Nutrição – BFN, sigla em inglês), Ministério do Meio Ambiente, Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações, universidades e institutos de pesquisa1 em todo o Brasil.

Espera-se que essa ferramenta seja uma referência nacional para a composição de alimentos derivados de espécies nativas brasileiras, integrando a biodiversidade em projetos científicos, programas, políticas públicas e aconselhamento nutricional, tanto em iniciativas públicas quanto privadas. Deverá contribuir ainda para disseminar informações sobre o uso das espécies, por meio da divulgação de receitas culinárias desenvolvidas especialmente para ressaltar e demonstrar a versatilidade da biodiversidade brasileira. A ferramenta continuará a ser fomentada pelas instituições parceiras, com a inclusão de novas espécies e alimentos, de forma a tornar mais abrangente esta ferramenta essencial à promoção do uso sustentável da biodiversidade para a alimentação e nutrição.

Fonte: SIBBr

(Português) Notícia de Capa: CGAN participa de reunião da Comissão Intergovernamental de Segurança Alimentar e Nutricional do Mercosul

15/04/2018 17:55

Notícia de Capa: CGAN participa de reunião da Comissão Intergovernamental de Segurança Alimentar e Nutricional do Mercosul

Entre os dias 03 e 04 de abril, em Assunção, Paraguai, a CGAN participou da reunião Intergovernamental de Segurança Alimentar e Nutricional preparatória de Ministros de Saúde do Mercosul.

Com presença também de representantes dos Ministérios da Saúde da Argentina, do Paraguai e do Uruguai, e também de representantes da Organização Panamericana de Saúde, o grupo discutiu temas e ações conjuntas para avançar na agenda de enfrentamento da obesidade e outras doenças crônicas não transmissíveis, um dos principais problemas na agenda de nutrição no bloco. Merece destaque o debate em torno da necessidade de avanço na rotulagem de alimentos acerca de nutrientes críticos (gorduras, açúcares e sódio), como estratégia para possibilitar o consumidor a realizar uma escolha crítica e melhor informada sobre o produto que estará consumindo. (…)

Para saber mais sobre essa matéria e acessar as demais notícias relacionadas à agenda de alimentação e nutrição no SUS:

– Baixe a Segundeira da CGAN desta semana no link: http://ecos-redenutri.bvs.br/tiki-download_file.php?fileId=1778; ou

– Acesse o Blog da CGAN da RedeNutri (http://ecos-redenutri.bvs.br/tiki-view_articles.php).

Nesta edição:

· CGAN participa de reunião da Comissão Intergovernamental de Segurança Alimentar e Nutricional do Mercosul

· Lançamento do ‘Caderno Legislativo: publicidade infantil’ – 2018

· Bons hábitos e planejamento ajudam na alimentação saudável

· Espaço dos estados: Bujari (AC) recebe oficina de conhecimento alimentar em alusão ao Dia Nacional da Saúde e Nutrição

· Espaço dos estados: Exercícios para uma melhor gestação são oferecidos na Academia da Saúde

· De Olho na Evidência: Coca-Cola usa tática de empresas de cigarros, diz estudo

· Monitoramento Semanal de Programas Estratégicos da CGAN

· Implementando o Guia Alimentar para a População Brasileira: Vida de adulto – o que comer?

· Saiu na Mídia

A Segundeira da CGAN é o informativo semanal da Coordenação Geral de Alimentação e Nutrição do Ministério da Saúde, na qual são apresentadas as principais notícias da semana, agendas previstas da Coordenação, além de trazer atualizações sobre evidências científicas, textos de apoio para a implementação das recomendações do Guia Alimentar para a População Brasileira e atividades realizadas nos municípios e estados relacionados à agenda de alimentação e nutrição no SUS e monitoramento de alguns programas.

Coordenação-Geral de Alimentação e Nutrição

Departamento de Atenção Básica

Secretaria de Atenção à Saúde

Ministério da Saúde

(Português) Chamada de artigos: IMAGENS E DISCURSOS SOBRE CORPOS, FAMÍLIAS E SUBJETIVIDADES

12/11/2017 22:29

DEMETRA: Alimentação, Nutrição & Saúde divulga chamada de artigos

IMAGENS E DISCURSOS SOBRE CORPOS, FAMÍLIAS E SUBJETIVIDADES

Publicada pelo Instituto de Nutrição da Universidade do Estado do Rio de
Janeiro, a revista DEMETRA: Alimentação, Nutrição e Saúde
(www.demetra.uerj.br) prepara um número que privilegia o debate que busca
articular imagens e discursos sobre corpos, famílias e subjetividades.

Esta iniciativa é fruto das reflexões gestadas no âmbito dos Programas de
Pós-graduação em Alimentação, Nutrição e Saúde da UERJ, em
Nutrição da UFRJ e em Ensino em Biociência e Saúde do Instituto Oswaldo
Cruz (IOC) da Fiocruz por meio de intercâmbio de seus docentes e oferta de
disciplinas em comum.

Já se pode constatar um crescente interesse acadêmico pelos estudos que se
voltam para temas como corpos, famílias e subjetividades por meio de
imagens e/ou discursos, na medida em que estas categorias expressam um
grande potencial na análise dos modos de funcionamento da sociedade.
Contudo, entre esses esforços predominam abordagens isoladas em espaços
distintos do saber, resultando sua integração ainda pouco comum no âmbito
acadêmico, sobretudo no campo da saúde. Portanto, ainda permanece como um
desafio para as pesquisas em alimentação e nutrição o acolhimento de
diferentes perspectivas analíticas (sociológicas, antropológicas,
históricas, psicológicas, etc.) que favoreçam a associação entre estas
fecundas categorias.

Esse número temático dirige seu foco para relações entre corpos,
famílias e subjetividades como construções sociais presentes, tanto em
experiências da vida cotidiana, como nos modos de fazer ciência. São aqui
entendidos, enfim, como processos passíveis de análises a partir de
diferentes orientações teóricas e metodológicas.

Poderão integrar esta iniciativa pesquisas relacionadas à produção do
conhecimento científico em diferentes cenários, incluindo a produção
midiática, cinematográfica e as artes. São bem-vindos textos derivados de
pesquisas empíricas, ensaios e/ou discussões teóricas que destacam o
agenciamento pelos sujeitos da problemática dos corpos e das diversas
expressões de família em seus aspectos históricos e socioculturais por
meio de imagens e/ou discursos modeladores da subjetividade. Interessam as
iniciativas que problematizam as normatizações, regulações,
naturalizações e/ou idealizações do corpo com implicações para a
existência individual e coletiva, a saber: discursos e imagens produtores
de estigma e/ou preconceito com referência aos corpos
femininos/masculinos/trans e às diversidades na constituição das
identidades; análises de intervenções biomédica e/ou tecnológicas
(medicamentosas, estéticas, dietéticas e de dispositivos online em seus
usos lícitos/ilícitos) sobre os corpos e nas relações familiares e de
gênero; legislações/normativas e suas repercussões nas experiências
subjetivas.

• Os interessados devem encaminhar suas contribuições em inglês,
português ou espanhol até 28 de fevereiro de 2018.
• A submissão deverá ser efetuada na página da nossa revista através
do link
http://www.e-publicacoes.uerj.br/index.php/demetra/about/submissions#onlineSubmissions,
informando seu direcionamento para a sessão ARTIGOS TEMÁTICOS.
• A comunicação aos Editores deverá mencionar a chamada temática
“IMAGENS E DISCURSOS SOBRE CORPOS, FAMÍLIAS E SUBJETIVIDADES”.
• Dúvidas podem ser sanadas pelos e-mails demetra.uerj@gmail.com ou
demetra@uerj.br.

Projeto “A Cozinha é Nossa”

06/10/2016 13:54

“A Cozinha é Nossa” é um projeto de extensão idealizado e coordenado pela Professora Dra. Ana Paula Gines Geraldo, docente da disciplina de Técnica Dietética da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC). Também fazem parte desse projeto os alunos do curso de graduação em Nutrição da UFSC: Arthur Thives Mello, Júlia Favaretto e Larissa Isabele Rabello Chechi.

O objetivo do projeto é desenvolver material didático, com recursos audiovisuais, para incentivo ao desenvolvimento de habilidades culinárias entre estudantes do curso de Nutrição e a comunidade em geral.

Em breve nosso conteúdo estará no ar no Canal do Youtube! Não Perca!

 

ICCAS 2017 – 10th International Conference on Culinary Arts & Sciences in Copenhagen

06/10/2016 13:35

Aalborg University and Metropolitan University College irá sediar o 10th International Conference on Culinary Arts & Sciences em Copenhagen. A conferencia acontecerá nos dias 6 e 7 de julho de 2017, com uma pré-conferencia no dia 5 de julho. O tema central do evento será Future Foodscapes. Outros 6 importantes temas serão tratados: 

  • Food service and hospitality
  • Food heritages and authenticity
  • Big food data and small devices
  • Urban food systems and sustainable diets
  • Gastrosophy and culinary sciences
  • Food choice and dynamic consumption

Envio de trabalhos até 01 de novembro de 2016

Mais informações em: http://www.capfoods.aau.dk/iccas17/