Programa de Pós-Graduação em Nutrição
  • Divulgação edital concurso para Professor Doutor Efetivo – Curso de Nutrição UFU

    Publicado em 19/06/2017 às 12:26

    A Universidade Federal de Uberlândia publica editais para realização de Concurso Público de provas e títulos para preenchimento de vaga(s) de Professor do Magistério Federal.

    Acesse os editais:

    Edital 001-2017

    Edital 013-2017


  • Defesas de Tese PPGN

    Publicado em 19/06/2017 às 12:05
     

  • Centro de Ciências Agrárias é referência na produção de conhecimento para a Agroecologia

    Publicado em 16/06/2017 às 14:39

    A Agroecologia é mais do que técnicas de cultivo no campo. Para pequenos produtores, é um movimento de resistência aos interesses das grandes corporações que atuam no setor, e de combate às relações desiguais de comercialização e consumo dos produtos agrícolas. “É um conceito de vida que prioriza a relação com a natureza, que repensa o consumismo e promove o cuidado e atenção ao próximo” diz a agricultora Sônia Jendiroba, moradora do bairro Ratones, em Florianópolis, e participante da feira orgânica do Centro de Ciências Agrárias (CCA) da UFSC.

    Método UFSC de Compostagem

    O CCA é referência na produção de conhecimento de técnicas agroecológicas no país, e esse reconhecimento não é recente, é desde que começou a discutir a Agroecologia como meio produtivo no país” diz Walter Quadros Seiffert, diretor do do Centro de Ensino. De fato, o CCA tem papel importante na produção de pesquisas e desenvolvimento de tecnologias a exemplo do “Método UFSC de Compostagem”, que é uma adaptação de outro modelo mais tradicional que possibilita empilhar matéria orgânica diariamente em uma estrutura alongada conhecida como Leiras. Diferentemente de outros métodos, no da UFSC as leiras não são reviradas ou não tem uma aeração forçada, isso facilita a proliferação microrganismos que são biofungicidas naturais e podem eliminar pragas fungicidas nas plantas, como o fungo verticillium dahliae, que afeta as plantações de tomates. A consequência é a dispensa de defensivos para este tipo de fungo. Os métodos de compostagem podem ser utilizados para qualquer sistema de plantio, no agroecológico ou no convencional.
    Continue a leitura » »


  • DEMETRA: Alimentação, Nutrição & Saúde publica nova edição

    Publicado em 16/06/2017 às 14:37

    A revista DEMETRA: Alimentação, Nutrição & Saúde acaba de publicar seu último número, disponível em http://www.e-publicacoes.uerj.br/index.php/demetra. Convidamos a navegar no sumário da revista para acessar os artigos e outros itens de seu interesse.


  • Lei que proíbe venda de alimentos industrializados em escolas faz parte de educação nutricional, defende professor da UFSC

    Publicado em 16/06/2017 às 14:36

    Mais da metade dos brasileiros tem sobrepeso. E 18,5% da população do país é obesa. Na última década, esse problema cresceu 60% no Brasil, segundo dados do Ministério da Saúde. Entre as crianças menores de cinco anos, o índice de sobrepeso é de 7,3%, conforme números da Organização Mundial da Saúde (OMS). E a obesidade é fator de risco para doenças graves, como diabetes, hipertensão e problemas cardíacos, que figuram entre as principais causas de morte entre adultos. Ainda assim, nem todo mundo se convence de que nutrição é coisa séria.

    Em reportagem publicada na quarta-feira, o DC mostrou a venda irregular de salgadinhos e doces em escolas do Estado, contrariando uma legislação de 2001, que foi feita com o objetivo de melhorar a nutrição e a saúde das crianças. O professor da UFSC Francisco de Assis Guedes de Vasconcelos fala sobre a importância da lei e sobre o cenário atual da obesidade no país. 
    Continue a leitura » »


  • VI Seminário Universidade e Escolas: O Guia Alimentar e os Novos Paradigmas de Comer e Educar

    Publicado em 16/06/2017 às 14:32

    Acontece, dia 24 de junho, a sexta edição do Seminário Universidade e Escolas, que tem como tema “O Guia Alimentar e os Novos Paradigmas de Comer e Educar”. A organização do evento é do Núcleo Interdisciplinar de Prevenção de Doenças Crônicas na Infância, da Pró-Reitoria de Extensão da UFRGS, e da Aliança pela Alimentação Adequada e Saudável.

    A programação, que pode ser conferida abaixo, inclui a mesa-redonda sobre o Guia Alimentar para a População Brasileira e o lançamento do livro Criança e Consumo – 10 Anos de Transformação, do Instituto Alana.

    Mais informações AQUI, ou pelo e-mail: prevencaoinfancia-prorext@ufrgs.br

    As inscrições devem ser realizadas de 12 a 22 de junho através do link: https://goo.gl/DGq9CA
    Ou no local, das 8h às 9h, durante o evento.

    *Não será cobrada Taxa de Inscrição
    **Certificados pela Pró-Reitoria de Extensão da UFRGS


  • Exame de Qualificação de Doutorado

    Publicado em 12/06/2017 às 15:08

  • Artigo – Influence of menu labeling on food choices in real-life settings: a systematic review

    Publicado em 09/06/2017 às 13:46

    Temos o prazer de compartilhar que um dos artigos da tese da Ana Carolina Fernandes, defendida no âmbito do PPGN/UFSC e NUPPRE em dezembro de 2015, foi inserido em um número especial da Nutrition Reviews sobre Influências sociológicas e comportamentais de consumo alimentar.

    Artigo disponível gratuitamente na íntegra (clique aqui).


  • UFSC Explica: o que é Coleta Seletiva?

    Publicado em 09/06/2017 às 13:41

    No Dia do Meio Ambiente, celebrado em 5 de junho, será lançada a primeira etapa da campanha “Coleta Solidária na UFSC”. Nesta edição do UFSC Explica, às vésperas da comemoração desse dia de conscientização e de proposição de novos comportamentos, a engenheira sanitarista e ambiental da Prefeitura Universitária (PU/UFSC), Sara Meireles, responde perguntas que contemplam o cenário da coleta seletiva no Brasil, dados sobre os resíduos gerados na universidade, informações sobre destinação adequada e sobre o trabalho dos catadores de materiais recicláveis, além de dicas para começar hoje mesmo a separar o lixo e informações em primeira mão sobre a campanha.

    Sara é mestre em Engenharia Ambiental na área de Gestão e Gerenciamento de Resíduos Sólidos na UFSC, responsável-técnica pelo Plano de Gerenciamento de Resíduos Sólidos da universidade e presidente da Comissão para a Coleta Seletiva Solidária da UFSC. Também colaboraram para essa edição a engenheira sanitarista e ambiental da PU, Branda Vieira, e as bolsistas do Projeto de Extensão “Educação Ambiental para a Implementação da Coleta Seletiva Solidária na Universidade Federal de Santa Catarina” do Núcleo de Educação Ambiental (Neamb), Bruna Moraes Vicente e Natália Silvério.

    1. O que é coleta seletiva solidária?

    Coleta seletiva é o recolhimento de resíduos sólidos recicláveis, previamente segregados na fonte, para promover sua valorização, por reciclagem, compostagem, reutilização, recuperação, ou outra forma de destinação final ambientalmente adequada. A UFSC implantará a “Coleta Seletiva Solidária” para promover essa valorização com a inclusão social e econômica dos catadores.
    Continue a leitura » »


  • Prática da agricultura urbana é regulamentada em Florianópolis

    Publicado em 08/06/2017 às 13:55

    A geografia da cidade, a ocupação e uso do solo e a “vocação” dos habitantes fazem de Florianópolis uma cidade ideal para o desenvolvimento da agricultura urbana. Esta é a visão da Rede Semear, entidade composta por secretarias municipais, organização civil e grupos autogestionados, responsável pela elaboração do Programa Municipal de Agricultura Urbana, sancionado pelo prefeito Gean Loureiro nesta segunda, 5 de junho. O programa é fruto de estudos e trabalhos da rede ao longo dos últimos três anos e envolve diversos setores da sociedade.

    De acordo com Francisca Daussy, da Secretaria Municipal de Saúde e da Rede Semear, a proposta é consolidar a gestão dos resíduos sólidos, estimular hábitos de vida saudáveis, o cultivo e uso de fitoterápicos e a manutenção de terrenos limpos, livres de vetores de doenças.

    – Queremos utilizar como espaço de horta comunitária os terrenos baldios que têm descarte irregular de lixo e se transformam em criadouros do Aedes Aegypti. Outro aspecto é o fomento à compostagem, que retira os resíduos orgânicos dos aterros sanitários e dá uma destinação mais adequada. Junto disso, as hortas e as compostagens podem ser geradoras de renda para muitas famílias – afirma.

    Na prática, o programa estabelece apenas diretrizes para ações agroecológicas que envolvam produção, agroextrativismo, coleta, transformação e prestação de serviços, de forma segura. Com a sanção do prefeito, as atenções se voltam para a busca por recursos que permitam o desenvolvimento do programa.

    – O decreto dá visibilidade para a agricultura urbana e concilia várias ações que já acontecem na cidade, mas não trata das questões orçamentárias. É importante que a prefeitura coloque a agricultura urbana como um pilar de desenvolvimento da cidade e invista nisso, senão o programa não se transformará em ações práticas – pondera o vereador Marcos José de Abreu (PSOL), um dos idealizadores do projeto.

    O prefeito Gean Loureiro reforçou a importância de investir em práticas sustentáveis, que condigam com as mudanças sociais.

    – Esse programa nos ajuda a alcançar o objetivo de tornar Florianópolis uma das cidades mais criativas e inteligentes do mundo – disse o prefeito.
    Continue a leitura » »