Revisores imortalizados em escultura

26/06/2017 14:04

A exemplo da escultura em homenagem ao escritor anônimo instalada no Castelo de Vajdahunyad, em Budapeste, Hungria, um monumento inaugurado na Rússia homenageou um personagem improvável: os revisores ad hoc, pesquisadores que avaliam artigos submetidos para publicação. Desvelado em 26 de maio durante cerimônia que contou com a presença de mais de 100 pessoas nas dependências da Escola Superior de Economia da Universidade Nacional de Pesquisa de Moscou, o monumento de 1,5 tonelada é resultado de uma campanha de financiamento coletivo que atraiu apoio de diversos pesquisadores. O bloco de pedra tem a forma de um dado, exibindo em cada lado os resultados possíveis de uma revisão por pares: aceito, alterações mínimas, mudanças importantes, revisto e reenviado e rejeitado. A ideia para o monumento surgiu em 2016, quando o diretor da instituição pediu sugestões do que fazer com um bloco de pedra próximo à entrada da escola. A proposta de se fazer um monumento em homenagem aos revisores partiu de Igor Chirikov, sociólogo da instituição. Além de estampar os resultados possíveis do processo de revisão por pares, as faces do bloco de pedra trazem impressos os títulos de artigos de pesquisadores que contribuíram para a campanha. “A revisão por pares na academia é uma história de amor e ódio, mas os revisores são heróis invisíveis no mundo da ciência”, disse Chirikov à revista Nature.

FONTE: Revista Pesquisa FAPESP

 

Manual busca popularizar compostagem

25/06/2017 22:07

Disponível gratuitamente na Internet, publicação orienta sobre a prática em ambiente doméstico, comunitário e institucional.

Por WALESKA BARBOSA

Os orgânicos representam cerca de 50% dos resíduos urbanos gerados no Brasil. Apesar disso, apenas 1% desse total é destinado a compostagem. Para popularizar a prática e disseminar conhecimento sobre a reprodução do ciclo dos resíduos orgânicos, está disponível gratuitamente na Internet a publicação Compostagem Doméstica, Comunitária e Institucional de Resíduos Orgânicos: Manual de Orientação.

O manual é o primeiro resultado do Acordo de Cooperação Técnica firmado em 2015 entre a Secretaria de Recursos Hídricos e Qualidade Ambiental do Ministério do Meio Ambiente, o Serviço Social do Comércio de Santa Catarina (Sesc/SC) e o Centro de Estudo e Promoção da Agricultura de Grupo (Cepagro). A parceria tem por objetivo estabelecer intercâmbio de experiências, informações, material técnico, metodologias e tecnologias referentes à gestão comunitária e institucional de resíduos orgânicos, associada à agricultura urbana e à educação ambiental.

Com linguagem acessível e ilustrações lúdicas, o manual traz técnicas de compostagem doméstica, comunitária e institucional de resíduos orgânicos e aborda o “Método UFSC” (em referência à Universidade Federal de Santa Catarina, onde foi mais estudado e adaptado às condições brasileiras), que consiste em uma estratégia segura e de baixo custo.
(mais…)

Vídeo apresentando parte de tese de Nutrição da UFSC sobre Habilidades Culinárias de estudantes universitários vence competição de divulgação científica internacional (Imagine PanGea)

22/06/2017 14:59

Um vídeo apresentando parte do estudo desenvolvido na tese de doutorado  de Greyce Luci Bernardo, professora do Departamento de Nutrição da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) e doutoranda no Programa de Pós-Graduação em Nutrição da UFSC, ficou entre os três melhores na classificação geral do concurso Imagine-PanGea.  O Projeto Imagine, em parceria com a SBPC, RedPOP e African Gong, organizou a primeira competição de comunicação científica multilinguística e multicultural, que teve como foco os públicos da América Latina, Caribe e África. A competição Imagine-PanGea teve por objetivo buscar a aproximação entre os pesquisadores e as populações vulneráveis de diferentes países em desenvolvimento, por meio da divulgação da ciência. Para participar, os candidatos deveriam gravar um vídeo, de até 3 minutos, explicando sobre sua pesquisa em uma linguagem que pudesse ser compreendida por todos.

Concorreram 57 candidatos de diferentes países avaliados por um júri internacional. O melhor de cada continente e os três melhores da classificação geral receberão o certificado de Comunicador Científico de Excelência e terão seus vídeos traduzidos para mais de dez idiomas e divulgados nas redes que apoiam o concurso.

A tese intitula-se “Programa de intervenção sobre habilidades culinárias: adaptação, aplicação e avaliação do impacto nas práticas alimentares de estudantes universitários no Brasil” e a defesa será realizada em 07 de julho próximo, a partir das 14 horas, no Laboratório de Ensino à Distância da UFSC. O projeto é coordenado pela professora Rossana Pacheco da Costa Proença, orientadora da tese, e está inserido no Núcleo de Pesquisas de Nutrição em Produção de Refeições (NUPPRE-UFSC). Conta ainda com a parceria da professora Margaret Condrasky, da Clemson University, Carolina do Sul (EUA), local no qual a doutoranda realizou seu estágio de doutorado sanduíche com bolsa da Capes.

Link para o vídeo (em português)

https://www.youtube.com/watch?v=rpSwj5TFsUU&feature=youtu.be

 As informações atualizadas sobre a divulgação dos vídeos em outras línguas podem ser acompanhadas nos links abaixo:

www.imagine-pangea.com
www.facebook.com/UFSCProjetoImagine/

 Esses são os 4 vencedores do Imagine-PanGea 2017:

Imagem inline 1

Centro de Ciências Agrárias é referência na produção de conhecimento para a Agroecologia

16/06/2017 14:39

A Agroecologia é mais do que técnicas de cultivo no campo. Para pequenos produtores, é um movimento de resistência aos interesses das grandes corporações que atuam no setor, e de combate às relações desiguais de comercialização e consumo dos produtos agrícolas. “É um conceito de vida que prioriza a relação com a natureza, que repensa o consumismo e promove o cuidado e atenção ao próximo” diz a agricultora Sônia Jendiroba, moradora do bairro Ratones, em Florianópolis, e participante da feira orgânica do Centro de Ciências Agrárias (CCA) da UFSC.

Método UFSC de Compostagem

O CCA é referência na produção de conhecimento de técnicas agroecológicas no país, e esse reconhecimento não é recente, é desde que começou a discutir a Agroecologia como meio produtivo no país” diz Walter Quadros Seiffert, diretor do do Centro de Ensino. De fato, o CCA tem papel importante na produção de pesquisas e desenvolvimento de tecnologias a exemplo do “Método UFSC de Compostagem”, que é uma adaptação de outro modelo mais tradicional que possibilita empilhar matéria orgânica diariamente em uma estrutura alongada conhecida como Leiras. Diferentemente de outros métodos, no da UFSC as leiras não são reviradas ou não tem uma aeração forçada, isso facilita a proliferação microrganismos que são biofungicidas naturais e podem eliminar pragas fungicidas nas plantas, como o fungo verticillium dahliae, que afeta as plantações de tomates. A consequência é a dispensa de defensivos para este tipo de fungo. Os métodos de compostagem podem ser utilizados para qualquer sistema de plantio, no agroecológico ou no convencional.
(mais…)

Lei que proíbe venda de alimentos industrializados em escolas faz parte de educação nutricional, defende professor da UFSC

16/06/2017 14:36

Mais da metade dos brasileiros tem sobrepeso. E 18,5% da população do país é obesa. Na última década, esse problema cresceu 60% no Brasil, segundo dados do Ministério da Saúde. Entre as crianças menores de cinco anos, o índice de sobrepeso é de 7,3%, conforme números da Organização Mundial da Saúde (OMS). E a obesidade é fator de risco para doenças graves, como diabetes, hipertensão e problemas cardíacos, que figuram entre as principais causas de morte entre adultos. Ainda assim, nem todo mundo se convence de que nutrição é coisa séria.

Em reportagem publicada na quarta-feira, o DC mostrou a venda irregular de salgadinhos e doces em escolas do Estado, contrariando uma legislação de 2001, que foi feita com o objetivo de melhorar a nutrição e a saúde das crianças. O professor da UFSC Francisco de Assis Guedes de Vasconcelos fala sobre a importância da lei e sobre o cenário atual da obesidade no país. 
(mais…)

VI Seminário Universidade e Escolas: O Guia Alimentar e os Novos Paradigmas de Comer e Educar

16/06/2017 14:32

Acontece, dia 24 de junho, a sexta edição do Seminário Universidade e Escolas, que tem como tema “O Guia Alimentar e os Novos Paradigmas de Comer e Educar”. A organização do evento é do Núcleo Interdisciplinar de Prevenção de Doenças Crônicas na Infância, da Pró-Reitoria de Extensão da UFRGS, e da Aliança pela Alimentação Adequada e Saudável.

A programação, que pode ser conferida abaixo, inclui a mesa-redonda sobre o Guia Alimentar para a População Brasileira e o lançamento do livro Criança e Consumo – 10 Anos de Transformação, do Instituto Alana.

Mais informações AQUI, ou pelo e-mail: prevencaoinfancia-prorext@ufrgs.br

As inscrições devem ser realizadas de 12 a 22 de junho através do link: https://goo.gl/DGq9CA
Ou no local, das 8h às 9h, durante o evento.

*Não será cobrada Taxa de Inscrição
**Certificados pela Pró-Reitoria de Extensão da UFRGS